Achados da videoendoscopia da deglutição em adultos com disfagia orofaríngea neurogênica

QUEIROZ, Moisés Andrade dos Santos de; HAGUETTE, Renata Cavalcante Barbosa  e  HAGUETTE, Erik Frota.

Rev. soc. bras. fonoaudiol. [online]. 2009, vol.14, n.4, pp. 454-462.

OBJETIVO: Descrever os principais achados da videoendoscopia da deglutição em adultos com disfagia orofaríngea neurogênica. MÉTODOS: Foi realizado um estudo retrospectivo de 46 prontuários de pacientes com diagnóstico de disfagia orofaríngea neurogênica, atendidos no período de julho de 2004 a dezembro de 2007 no Ambulatório de Disfagia da Universidade de Fortaleza. A média de idade dos pacientes foi de 58,9 anos, variando entre 18 e 85 anos, sendo 51,1% (22/43) do gênero masculino e 48,9% (21/43) do gênero feminino. Os exames foram considerados alterados na presença de uma ou mais das seguintes manifestações disfágicas: escape precoce posterior, atraso na deglutição, estase em valéculas e/ou recessos piriformes, penetração laríngea e/ou aspiração traqueal. RESULTADOS: Os principais achados observados foram, em ordem decrescente de ocorrência: estase em valéculas após a ingestão da consistência pastosa grossa, atraso na deglutição durante a deglutição de alimentos nas consistências pastosa grossa e sólida, presença de estase em recessos piriformes após a deglutição da consistência pastosa fina, escape posterior de líquido, penetração laríngea e aspiração traqueal de líquidos antes da deglutição. CONCLUSÃO: As principais manifestações disfágicas observadas estiveram relacionadas às alterações das fases voluntárias da deglutição e ao aumento das consistências dos alimentos. A videoendoscopia da deglutição demonstrou ser um instrumento eficaz no diagnóstico das disfagias orofaríngeas.

Palavras-chave : Deglutição; Disfagia; Endoscopia [métodos]; Endoscopia [utilização]; Transtornos de deglutição.

LEIA O ARTIGO NA ÍNTEGRA

Anúncios
Este post foi publicado em Dysphagia em por .

Sobre Graziela Chamarelli Bougo

Fonoaudióloga do Hospital Risoleta Tolentino Neves Graduada em Fonoaudiologia pela Universidade Estadual do Centro-Oeste-PR Aprimoramento em Fonoaudiologia Hospitalar pelo Hospital de Base da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP/SP) Residência em Fonoaudiologia na área de ênfase de Urgência, Emergência e Terapia Intensiva do Hospital Municipal Odilon Behrens de Belo Horizonte (BH/MG)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s