Análise acústica da deglutição orofaríngea utilizando Sonar Doppler

Franciele Savaris Soria, Roberta Gonçalves da Silva, Ana Maria Furkim

Deglutisom imagemFonte imagem: http://www.arquivosdeorl.org.br/conteudo/acervo_port.asp?id=379

INTRODUÇÃO: Durante o processo de envelhecimento, uma das funções que sofre modificação é a deglutição. Estas alterações na deglutição orofaríngea podem ser diagnosticadas por métodos que permitem tanto o diagnóstico quanto o monitoramento e biofeedback ao indivíduo. Um dos métodos descrito na literatura recentemente para a avaliação da deglutição é o Sonar Doppler.

OBJETIVO: O objetivo desse estudo foi comparar os parâmetros acústicos da deglutição orofaríngea entre faixas etárias distintas.

METODO: Estudo de campo, quantitativo. O exame com o Sonar Doppler foi aplicado em 75 idosos e 72 adultos. Estabeleceram-se os parametros acústicos: frequencia inicial, frequencia do primeiro pico, frequencia do segundo pico, intensidade inicial, intensidade final e tempo, para as deglutições de saliva, liquido, néctar, mel e pudim, com gole livre, 5ml e 10 ml.

RESULTADOS: obtiveram-se dados objetivos e mensuráveis, apresentando significancia para a maioria dos parametros acústicos estudados entre o grupo de idosos e adultos em relação a consistencia e volume.

CONCLUSÃO: Verificamos que há modificação do padrão acústico da deglutição, tanto em relação à consistência quanto a volume do bolo alimentar, quando comparados idosos e adultos.

LEIA O ARTIGO NA ÍNTEGRA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s