Arquivo da tag: interdisciplinaridade

Qualidade de vida e interdisciplinaridade: a necessidade do programa de assistência domiciliar na prevenção das complicações em idosos com disfagia

Mendes, Fernanda Salzani; Tchakmakian, Lucy Aintablian.

Mundo saúde (Impr.); 33(3): 320-328, jul.-set. 2009.

Resumo

Com a mudança do perfil etário e demográfico da população notam-se alterações no processo de envelhecimento que dizem respeito ao estado nutricional e fonoaudiológico. O idoso com disfagia torna-se mais frágil, podendo ter complicações, como a pneumonia aspirativa e alteração na ingestão alimentar, o que pode comprometer sua saúde. Uma alternativa de suporte em saúde tem sido os serviços de assistência domiciliar, que utilizam o suporte técnico de uma equipe interdisciplinar para atender de uma forma global o indivíduo com dificuldade a chegar ao serviço ambulatorial. Esse trabalho visou mostrar a importância do diagnóstico e intervenção precoce em idosos com disfagia, na tentativa de melhorar o estado nutricional, a qualidade de vida diminuindo assim as complicações na saúde em um grupo participantes de um Programa de Assistência Domiciliar no Município de São Paulo. Com base em um estudo de campo quanti-qualitativo, com método descritivo analítico, observou que com intervenção precoce da equipe trouxe discreta melhora no perfil nutricional e fonoaudiológico da amostra, mas não houve associação estatisticamente significativa entre as variáveis consistências das dietas e modificações com o diagnóstico nutricional inicial e pós-intervenção (p maior que 0,10).

LEIA O ARTIGO NA ÍNTEGRA

Importância da interdisciplinaridade na avaliação das disfagias: avaliação clínica e videofluoroscópica da deglutição

Sordi M, Mourão LF, Silva AA, Flosi LC.

Braz J Otorhinolaryngol. 2009 Nov-Dec;75(6):776-87.

 

RESUMO

Opaciente disfágico apresenta prejuízos em diversos aspectos, sendo a atuação interdisciplinar fundamental para definição do diagnóstico e da conduta. A atuação em conjunto na avaliação clínica e videoendoscópica é de extrema importância.
OBJETIVO: Estudar a correlação entre a avaliação clínica (ACD) e videoendoscópica da deglutição (VED) por meio da classificação do grau de severidade e a análise qualitativo/descritiva dos procedimentos.
FORMA DE ESTUDO: Estudo transversal, descritivo, comparativo.
MATERIAL E MÉTODO: Realizado no março a dezembro de 2006 no ambulatório de Otorrinolaringologia/Disfagia de um hospital do interior de São Paulo. Foram avaliados pela ACD e VED 30 pacientes disfágicos com diferentes doenças. Os dados foram classificados por meio de escalas de severidade e análise qualitativa/descritiva.
RESULTADOS: A correlação entre as escalas de severidade de ACD e VED apontou concordância baixa (KAPA = 0,4) de modo estatisticamente significante (p=0,006). A correlação entre a análise qualitativa/descritiva apontou concordância excelente (KAPA=0.962) estatisticamente significante (p<0.001) para a amostra total.
CONCLUSÃO: A concordância baixa entre as escalas de severidade aponta a necessidade da realização de ambos os procedimentos, reforçando a VED como procedimento factível. A análise qualitativa descritiva apontou concordância excelente, dado que reforça a necessidade da compreensão da deglutição como um processo.

LEIA O ARTIGO NA ÍNTEGRA